terça-feira, 3 de outubro de 2017

Visita dos alunos do 5º ano à Biblioteca

Queres conhecer a Biblioteca? 
Nos próximos dias, vais à biblioteca com a tua Diretora de Turma.

                               Está atento à calendarização!

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Outubro, Mês das Bibliotecas Escolares



"Ligando Comunidades e Culturas" é o tema definido pela International Association of School Librarianship (IASL) para o Mês Internacional da Biblioteca Escolar (MIBE).


O concurso de ideias “Ligando comunidades e culturas” é a iniciativa que a RBE lança este ano para assinalar o MIBE. O seu objetivo principal é fomentar um debate em torno do tema. Desse debate surgirão as ideias-chave e as estratégias para que a biblioteca se apresente como o lugar onde se ligam comunidades e culturas. 
Para mais informações, consulta o site da RBE.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

Dia Mundial da Alimentação - 16 de outubro

Alimentação Equilibrada

Para fazeres o puzzle, clica em: 
http://www.jigsawplanet.com/?rc=play&pid=287e57a1ec02





Dia Mundial da Alimentação - 16 de outubro

Para Pais e Educadores:



Alimentação equilibrada

A alimentação em geral está a tornar-se um tema importante e em foco, especialmente nos países mais desenvolvidos.
Ao longo do século XX, os alimentos passaram a sofrer processamentos e transformações que tornam alguns já bem distantes do produto original e a utilização de aditivos, corantes e conservantes artificiais tornou-se comum na indústria alimentar.

No que diz respeito à alimentação das crianças, os adultos e, têm uma grande responsabilidade na educação alimentar, conscientes de que não é fácil educar o paladar das crianças actuais ou fazer com que apreciem alimentos, eventualmente menos "saborosos" (ou seja, regra geral, menos açucarados) do que os mais queridos entre crianças e jovens.
Mas há algumas tácticas, umas que exigem mais trabalho do que outras, que podem ser aplicadas para tentar condicionar os hábitos alimentares dos mais jovens.




  • Eis então algumas estratégias:

    Só se come quando se tem fome
    Não se deve forçar a ingestão de comida. Aprenda a respeitar o verdadeiro apetite de cada criança (e o seu). Cuidado com os exageros para mais (como sucede frequentemente em datas festivas) ou para menos.

    Nada de "restinhos" ou "comida escondida" no prato
    Sirva porções mais pequenas. Se a fome persistir, repita pequenas quantidades. É uma maneira fácil de deixar o prato limpo.

    Aposte na diversidade
    Aposte em variar sabores, experimentar comidas novas e diferentes formas de confecção. Em pequenas porções (não entre logo "a matar").
    A palavra-chave é variedade e não quantidade.

    Aprender a gostar
    Observe os seus mais pequenos a comer. Frequentemente, perante uma comida que os colegas também comam e em casa não apreciem, na escola as crianças podem reagir de forma diferente e pouco a pouco ir aprendendo a saborear novos alimentos.

    Abaixo as bolhinhas
    As bebidas gaseificadas têm grandes quantidades de açúcar, estando acentuado sabor doce disfarçado pelo gás aí dissolvido. Elas possuem um baixo valor alimentar e uma elevada contagem de calorias. Prefira sumos naturais, ou... água. Determine o consumo dessas bebidas apenas em situações pontuais, por exemplo numa festa de fim de ano na escola.

    Uma sobremesa não é uma refeição
    Uma guloseima, às vezes, não faz mal. Mas bana o hábito de consumi-las antes das refeições ou quando se tem fome. Não use doces como "recompensas" para as crianças nem como subornos para acabar com uma birra.

    Dar o exemplobr> As crianças imitam os adultos. Não é justo que exija o que não consegue fazer.

    Comer é uma "experiência social"
    A origem do verbo "comer" significa "estar com" (do Latim cum essere). Esteja com os outros enquanto come. Não esteja com a televisão. Converse, ria. Não faça do acto de comer o centro da refeição.
    E se os mais pequenos comem devagar, ou pouco, lembre-se que essa pode ser a sua estratégia para chamar a atenção. Não deixe que a estratégia seja bem sucedida.